“Péricles” tragicomédia do Teatro de Mortágua Pinhal Novo

PericlesO TEM – Teatro Experimental de Mortágua apresenta, no dia 25 de novembro, às 21.30, no Auditório Municipal de Pinhal Novo, a comédia “Péricles”, numa adaptação da obra homónima de William Shakespeare, escrita em 1906.

A peça do Teatro Experimental de Mortágua, promovidapelo Teatro Sem Dono, gira em torno das aventuras do príncipe Péricles enquanto procura uma rainha para se poder casar, numa mistura de drama, humor, magia e emoção, encenada pelo argentino Claudio Hochman.

«À maneira de Ulisses em Odisseia, Péricles vai de ilha em ilha, por vezes perseguido por assassinos, outras sacudidas por tempestades, outras à procura da sua filha. Nesta viagem aparecem personagens de todas as texturas. Bons, maus, submissos, dominantes, solidários, interesseiras, invejosos, benevolentes, implacáveis, espirituosos e espirituais. Um leque de cores que reflete a vida, como em todas as peças do dramaturgo inglês. Uma peça que é uma viagem. Uma viagem que é uma peça», refere a sinopse da companhia de Mortágua, do distrito de Viseu.

Os bilhetes para “Péricles”, com reservas a partir do telefone 966 856 349 ou do endereço  Este endereço de email está protegido contra piratas. Necessita ativar o JavaScript para o visualizar. , têm o custo de três euros.O espetáculo, realizado no âmbito do ciclo “(A)Mostra”, que tem levado diversas peças de companhias de teatro oriundas de vários pontos do país ao Auditório Municipal de Pinhal Novo, é promovido pelo Teatro Sem Dono com os apoios do Município de Palmela, da Junta de Freguesia de Pinhal Novo e da Federação Portuguesa de Teatro.

 

 

 

CMP/cyberjornal, 17 novembro 2017

Para inserir um comentário você precisa estar cadastrado!