Viròtacho comemorou 70 anos, na Torre (Cascais)

virotacho1

 

Por: José d’Encarnação 

 

A apetitosa caldeirada foi no dia 11, o segundo domingo de Maio, agora não já no pinhal junto ao mar mas num barracão ‘de antiguidades’ de um dos membros, no lugar da Torre, obedecendo, assim, a uma tradição que ora cumpre 70 anos.

 

 

 

VirotachoA comida também já não foi feita com o peixe pescado pela manhã, mas preparada, desta feita, por um restaurante da orla, o Furnas Lagosteiras, gerido por um dos membros do Viròtacho, o José Alexandre Ramos.

 

O encontro constituiu pretexto para avivar recordações (os carrinhos de rolamentos, as corridas de arcos, o assar das pinhas pelo Outono…), evocar cenas em que intervieram, por exemplo, companheiros que já partiram (do grupo inicial de 20 já só resta um, o Francisco Ramos, de 90 anos), jogar e saborear alguns petiscos…

 

Está longe esse 2º domingo de Maio de 1944, em que a inusitada fartura de polvos levou a que se cozinhassem logo ali, no pinhal à beira-mar. E o nome surgiu quando um dos tijolos que aguentava o tacho se partiu e quase se ia perdendo tudo. Da letra do hino que criaram – e honra seja feita ao músico Fernando Bernardes, «O Lampião», que com o seu trombone muitas jornadas animou! – consta que o grupo «não vira garrafões, porque é tudo malta fixe, somos todos como irmões!...».

 

virotacho2O grupo é formado por 20 membros, homens. Sempre que um parte, há o cuidado de, obtido consenso, propor quem o venha substituir, de preferência natural do lugar e irmanado com os demais por laços de sangue ou de camaradagem.

 

Registe-se ainda que, para este solene encontro anual de 2014, Maria da Nazaré Roque, de 80 anos, utente do Centro de Dia do Bairro do Rosário, resolveu dedicar-lhes estas quadras:

 

Vira o Tacho é o nome

Do Grupo de Associados

Também tem como pronome

Amigos!... de anos passados!

Mais um ano de passagem

Que todos nós festejamos.

Quero prestar minha homenagem

Ao Senhor Francisco Ramos

E a todo o Grupo em geral

Que tenho em meu redor

Porque é o último afinal

Deste Grupo o fundador

Quero a todos agradecer

Este momento profano

Que todos vemos poder

Voltarmos todos pró ano!

 

 

 

cyberjornal, 12 maio 2014

Para inserir um comentário você precisa estar cadastrado!